domingo, 30 de novembro de 2008

Mulheres e a guerra

Hoje venho comentar um blog que acabei de conhecer

DIÁRIO DA ÁFRICA



Mais um blog fantastico de jornalistas que se aventuram por esse continente imenso em busca de tentar, de alguma forma, minimizar o esquecimento total ao qual ele foi submetido desde sempre.

A matéria que me chamou múito a atenção é uma sobre um hospital congoles especializado em tratar de mulheres vitimas de estupro (em decorrencia da constante guerra). As informações são múito fortes, da uma vontade imensa de chorar, mas acho que escrevendo aqui vale mais do que ficar chorando as desgraças do mundo.

Image and video hosting by TinyPic

"Os soldados invadiram a cidade e Kibundila, que estava no mato, foi encontrada e violada por quatro soldados.

Um de cada vez.

Depois, pelos quatro ao mesmo tempo."

(...)

KIBUNDILA – Tudo isso acontece no Congo por causa da guerra. Quero casar e ter quatro filhos. Às vezes tenho raiva dos homens, e quero que meu marido seja um homem que nunca tenha estuprado nenhuma mulher.

Kibundila completa com uma frase avassaladora.

KIBUNDILA – Quando uma mulher é estuprada, todas as mulheres do mundo são estupradas porque todas as mulheres se sentem afetadas. Você agora (dirigindo-se à repórter da AP) se sente afetada pela minha história."

"VIRGINIE – Eu disse a eles que, se fossem me violentar, era melhor me matar antes.

(..)

VIRGINIE – Depois de violarem sucessivamente uma mulher, os agressores colocaram um revólver em sua vagina e atiraram. Outra, também depois de sido estuprada, teve um espeto enfiado na vagina."

A matéria completa está aqui http://diariodaafrica.blogspot.com/2008/11/kibundila-baronani-e-virginie-mumbere.html" terget=

Outro blog interresante sobre a África é o Pé na África


até...

Ana

5 comentários:

Anônimo disse...

Na reportagem diario da africa,o que realmente eles estavam fazendo com aquela mulher da imagem....segurando-a e com algo metalico na vagina dela??????????

FEYJÃO disse...

Soldada da Mata:

Uma Tatuagem q ela ganhou d brinde em uma feira....Doooohhhhhhhh

André Silva - Jornalista e Especialista em Criminalidade e Segurança Pública - andreluizjornalista@hotmail.com disse...

Infelizmente milhares de mulheres são mortas e vivem com as marcas da violência em todo o mundo. É realmente triste e deprimente saber que uma mulher foi covardemente morta. Gostei do post e convido vcs a vizitarem meu blog www.ogritodeana.blogspot.com e www.ogritodeanaemcontosecronicas.blogspot.com

O grito dessa africana não pode ser esquecido...
André Silva

Ora... Eu sou Michelli Torricelli disse...

"Quando uma mulher é estuprada, todas as mulheres do mundo são estupradas porque todas as mulheres se sentem afetadas."

(Não tenho e nem preciso fazer nenhum tipo de comentário depois dessa frase. Mesmo assim sinto como se um grito de socorro dentro de mim quisesse desesperadamente sair e acordar todo o universo contra esse crime!)

concordo!
O GRITO DESSA AFRIACANA NÃO PODE SER ESQUECIDO!!!

equívocos e obséquios=poemas disse...

"Lindo o seu trabalho=Admiro MUUUUITO quem defende,luta,briga=E principalmente denuncia!!!Convido-te a conhecer meu blog= http://equivocoseobsequiospoemas.blog spot.com/ =Bjssss!!!

 


Templates Novo Blogger 2008